Arquivos para a Categoria ‘Editorial’

Farense: 4-1 ao Sporting B e 4-1 ao Benfica

28 Novembro 2013

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ontem, 27 de novembro de 2013, o Farense goleou o Sporting B por 4-1. Foi o 8º jogo consecutivo da equipa algarvia sem perder na 2ª Liga e foi uma página dourada na História dos leões de Faro, mas a marca (4-1) faz-nos recordar uma outra goleada por igual score que o Farense impôs à equipa principal do Benfica, em 1 de abril de 1995.
No jogo de ontem, Jorge Paixão pôs o Farense a alinhar com Ivo; Carlitos, Ubay, Diogo e Hernâni; Bilro, Ibukun e Fábio Felício (Neca); João Reis (Atabu), Adelaja (Matias) e Rambé.
Marcaram os 4 golos: João Reis aos 7 e aos 49 minutos; e Ubay aos 69 e aos 87 minutos.
Na goleada de 4-1 que o Farense infligiu ao Benfica em 1 de abril de 1995, Paco Fortes pôs o Farense a alinhar com: Peter Rufai; Jorge Soares, Raúl, Miguel Serôdio e King; Helcinho (Tozé), Hajry, Sérgio Duarte e Hugo; Hassan e Djukic (N’Daw).
Marcaram os 4 golos: Jorge Soares aos 25 minutos; Hassan aos 80; e N’Daw aos 70 e aos 88 minutos.
Gente que faz História.

Monchique e as monchiqueiras

27 Novembro 2013

Foto João Xavier - Monchiqueira

Em 1915, o Diário de Notícias mandou ao Algarve o jornalista Adelino Mendes, que, nas voltas que deu por Monchique, criticou as ruas da vila, «estreitas, irregulares, quase imundas (…)», onde se tinha de fazer «prodígios de habilidade para não atropelar ninguém, para se desenvencilhar de quantos campónios e de quantos jericos se aglomeram».
Para compor a má imagem, disse que as Caldas de Monchique eram um «chiqueiro, cheio de lixo e desleixo», «atafulhado de soldados» que lá tinham acampado.
Salvou-se apenas o charme das algarvias montanheiras, que aquele jornalista observou com olhar guloso e definiu como morenas, de tipo árabe, de translúcida beleza e de olhos luminosos…
Eu gosto muito de subir até Monchique de tempos a tempos. Gosto da aragem fresca e pura. Gosto das montanhas. Gosto da verdura dos campos. Gosto dos afloramentos rochosos. Gosto das muitas árvores seculares. E gosto também das monchiqueiras.

O meu pão

26 Novembro 2013
Foto João Xavier - Pão xis

Foto João Xavier – Pão xis

Há tantos anos eu não fazia pão!…
Meti as mãos à farinha e resolvi voltar a fazer pão caseiro. Descuidei-me um pouco com a temperatura do forno, é verdade, mas deliciei-me.
Nunca fez pão? Uma vez é a primeira. Experimente.
O pão, tanto e tanto simbolizado na linguagem popular e erudita, é um alimento básico da nossa dieta mas tem vindo a ser adulterado com a industrialização. Aquilo a que hoje em dia poderemos chamar o pão da cidade é uma imitação reles do pão de qualidade.
No Algarve, tem vindo, felizmente, a aumentar a quantidade de pão da serra e pão alentejano que podemos encontrar à venda. Pão de qualidade.
Nem só de pão vive o homem.- diz a Bíblia.
Preciso de amor como de pão para a boca.- dizem os carentes.
«Dê-me o pão de ontem, a carne de hoje e a cidra do ano passado.»- dizia Benjamin Franklin.
«Quem prova a côdea de um pão prova as estrelas.» – dizia Ralph Emerson.
E provérbios não faltam…
«Queijo com pão faz um homem são.»
«Quem dá o pão dá a educação.»
«Quem dá o pão dá o pau.»
«Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão.»
«Pão, queijos e beijos fazem a alegria de um homem.»
«Mais vale pão duro que nenhum.»
«Não há mau pão com boa fome.»
«Pão que sobre, carne que baste e vinho que falte.»
«Mais vale pão hoje que galinha amanhã.» …

Estão a fazer o alcatrão…

25 Novembro 2013

Foto João Xavier - Acesso AFA Penha

Em plena capital algarvia, este arruamento da Penha tem, de um lado, o Jardim de Infância da Penha, e, do outro, a sede da Associação de Futebol do Algarve. É, portanto, um lugar de confluência.
A Associação de Futebol do Algarve começou por há mais de uma década usar o lado oposto como entrada principal, mas mudou depois para aquele lado. O Jardim de Infância da Penha foi inaugurado há mais de 3 anos… sempre com pó ou lama.
Aquilo é um simples arruamento urbano, com lugar para estacionamento.
É completamente aberrante ver como é possível os anos passarem e o pavimento não ser alcatroado, para dar dignidade ao espaço.
Provavelmente, o alcatrão necessário para aqueles míseros metros quadrados está a ser feito agora. Esperemos que a obra não tarde…

Portimonense é líder isolado da 2ª Liga

24 Novembro 2013

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Portimonense saltou hoje para o comando isolado da 2ª Liga!
Vinha-se adivinhando que a equipa liderada por Lázaro Oliveira estava vocacionada para altos voos e este é o primeiro sinal luminoso.
Há muito campeonato por disputar (faltam 26 jogos e 78 pontos a disputar pela generalidade das equipas…), mas a candeia que vai à frente alumia sempre melhor.
Uma interessante rivalidade que existe no Algarve, entre Farense, Olhanense e Portimonense, é a luta destes 3 clubes pelo «exclusividade» do protagonismo que orgulha a região.
O Farense começou por escrever em letras grandes que é «o orgulho do Algarve». Continua a ser o clube algarvio com mais historial primodivisionário.
Depois, foi a vez de o Olhanense regressar ao topo do futebol português e tratou de vincar pela mão de alguns adeptos: “O orgulho do Algarve somos nós.”…
Em 2013/14, é a vez de o Portimonense ter um adepto com um anúncio especialmente marafado: afinal, o «orgulhe» do Algarve está mais a barlavento!!!…
Uma interessante forma de brincar com as rivalidades, sem esquecer a pronúncia e agora com o gostinho especial da liderança de um campeonato profissional…

Comandante da Polícia caiu nas escadas…

23 Novembro 2013

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Diretor nacional da PSP demitiu-se, na sequência da manifestação de polícias que conseguiu romper o cordão policial que defendia o Palácio de São Bento e permitiu aos manifestantes a subida pela escadaria!
A imprensa nacional debate o tema e a gravidade do acontecimento, mas a mim isto parece-me antropologicamente digno de registo para memória futura, tal o ridículo…
A alegria da subida dos degraus mostrou em muitos manifestantes uma tonalidade infantil como um puto que exulta por conseguir infringir as normas dos adultos.
Do outro lado, a veemência do ministro dá a ideia de que as escadarias do palácio são uma espécie de lugar sagrado.
Se o espaço é assim tão reservado e interdito a inconvenientes, já há muito deveria ter sido protegido com uma vedação fixa e sólida! A colocação de umas barreiras ridículas, móveis e leves, é um convite à provocação e à invasão…
Nestes modelos políticos e securitários que vigoram na Europa no séc. XXI, há realmente atualizações a fazer, para obstar a mais casos caricatos como este de um comandante nacional da Polícia pôr o lugar à disposição… por ter “caído” numa escadaria…

As propriedades do Estado

22 Novembro 2013

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Um dos problemas atuais do Estado português é a relação aberrante com as propriedades, sejam elas edifícios ou simples terrenos…
A primeira tentação em tempos de crise é alienar. Vender. Dar.
Há que ponderar muito bem o que fazer às propriedades do Estado: há bens nacionais que devem continuar a ser do Estado mesmo que provoquem despesas, mas também há bens que são um esbanjamento puro e simples.
Em contraponto com tudo isto, há instituições do Estado a funcionar em propriedades particulares!
É inadmissível que o Estado pague a renda de edifícios particulares: se tem falta de edifícios num determinado local, construa-os ou compre-os. O arrendamento é apenas uma boa fonte de rendimento para o dono!
Há que ser racional!
Um Estado em risco de bancarrota tem de ser repensado.

O algarvio dos passes mágicos

21 Novembro 2013

João Moutinho no Record de 20nov2013

É tempo de festa pelo apuramento de Portugal para a fase final do Mundial de Futebol de 2014.
Vai ficando por referir é a importância do algarvio que em toda a campanha de apuramento e também em especial no playoff com a Suécia desequilibrou os marcadores com os seus passes mágicos: João Moutinho.
O rei das assistências, atualmente jogador do Mónaco, é um centrocampista de exceção e continua a confirmar esse mérito com os passes mágicos que desmarcam Cristiano Ronaldo e outros avançados e deixam completamente KO os defesas adversários.
Sem João Moutinho, este humilde e marafado algarvio, Portugal não estaria a festejar agora o apuramento para o Mundial 2014. Não duvide.

Estádio Algarve marca a História

20 Novembro 2013

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Estádio Algarve viveu ontem um dia histórico: pela primeira vez, a seleção de Gibraltar disputou um jogo de futebol reconhecido oficialmente pela UEFA.
Gibraltar foi aceite como membro da UEFA em maio de 2013 e vai competir nos próximos campeonatos da Europa e do Mundo… e, para começar, realizou o primeiro desafio particular utilizando como casa o Estádio Algarve!
A federação gibraltina é das mais velhas do mundo (foi fundada em 1895) e passados 118 anos marca com um outro pormenor a História neste jogo em que recebeu no Estádio Algarve a Eslováquia (33ª no ranking europeu): a partir de agora a Península Ibérica tem 3 seleções reconhecidas pela UEFA!
Foi com um empate que o jogo terminou (0-0) e com ele culminou a festa enorme dos adeptos que se deslocaram da colónia britânica, mas o resultado foi o que menos importou.
Está de parabéns o Estádio Algarve, mais uma vez.

A rotunda do atleta

19 Novembro 2013

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

São Brás do Alportel já conta com mais uma rotunda ornamentada.
A mais recente obra é uma homenagem escultórica aos atletas e é da autoria de um vetusto criador algarvio: o sambrasense Manuel Teodoro.
Com esta obra de arte, ficam homenageados todos os que gostam de desporto e o praticam para terem maior qualidade de vida. Ali, está também uma homenagem à vida e ao movimento.
Eu gostei muito de ver a escultura de Manuel Teodoro. Vá você também contemplá-la dando a volta à rotunda. A pé.


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.