Medicamentos humanos em peixes…

Foto João Xavier - Peixes à babuja

Investigações recentes chegaram à conclusão que muitos peixes estão a sofrer alterações genéticas devido aos medicamentos humanos.
Não é grande a novidade, esperava-se mesmo que mais tarde ou mais cedo a voracidade do progresso humano desencadeasse reações perigosas da mãe natureza… mas o estudo agora divulgado tem particularidades interessantes.
Uma das conclusões que se tira é que as estações de tratamento de esgotos, agora pomposamente chamadas de estações de tratamento de águas residuais, vulgo ETARs, são as principais responsáveis!
A dimensão das consequências da poluição no código genético dos peixes é alarmante precisamente junto das ETARs.
O problema, ao contrário do que alguns pensarão, não deriva de muitos lançarem aos esgotos os medicamentos que sobram! O problema deriva sobretudo dos medicamentos que todos tomamos! Como?
Pela urina e pelas fezes, libertamo-nos da medicação e envenenamos a Natureza.
Os materiais líquidos e sólidos que excretamos vão carregados da medicação que tomamos. E os primeiros animais a alimentar-se dela são os peixinhos que tanto gostam de viver nas águas onde os esgotos são lançados à natureza… e que chegam até a mudar de sexo!
Um mal cuja solução ainda não está sequer estudada!…

Anúncios

%d bloggers like this: