Nossa Senhora da Rocha – respeitar e preservar

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A capela de Nossa Senhora da Rocha tem andado ultimamente na imprensa portuguesa, desde que em novembro passado ruiu parte do promontório onde está construída, fazendo desabar uma porção do muro que evitava o acesso das pessoas ao precipício.
Salazar considerou aquela ermida edifício de interesse público desde 1963 e há que ter em conta algumas das referências culturais mais importantes que ali resistem: na arcada tripla da capela, há colunas com um capitel de estilo visigótico que alguns historiadores consideram ter sido para ali levado de construções genuinamente visigóticas.
Mandada construir no séc. XVI por D.João III, a fortaleza que protegia a ermida tombou com o terramoto de 1755.
Com tanto dinheiro que se gasta na reposição de areias em praias para turistas, bem podem avançar com obras de contenção da erosão que está a fazer perigar aquele promontório e o património cultural que ostenta!…
Mar adentro, a ermida de Nossa Senhora da Rocha é um bom exemplo de que o Algarve não é só «sol e mar»…

Anúncios

%d bloggers like this: