Terrorismo pobre em Olhão

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tudo se passou na madrugada de ontem, mas hoje eram ainda visíveis muitos dos danos provocados por um grupo organizado que partiu à pedrada diversos vidros de vários edifícios da cidade de Olhão e invadiu as instalações da Câmara Municipal de Olhão, destruindo material informático.
A ação, que pode ser classificada como terrorismo ou vandalismo, ocorreu em edifícios da CMO, da Segurança Social, da Repartição de Finanças, do Museu Municipal e de 2 estabelecimentos comerciais.
Estimam-se em milhares de euros os danos provocados (só nas instalações municipais deverão ultrapassar os 2 mil euros).
À boca pequena, muitos comentam que pode ter sido «um ato de revolta», mas há quem classifique aquilo como «apenas vandalismo estúpido».
Não menosprezemos a dimensão do que ocorreu em Olhão na madrugada de 16 de janeiro de 2015. Parece ter havido ali uma qualquer planificação com poucos traços de marginalidade…

Anúncios

%d bloggers like this: