Casa nova, chaminé velha

Foto João Xavier - Chaminé velha em casa nova

Para quem tem bom gosto, o que se vai vendo na arquitetura das nossas povoações é uma tristeza. Derruba-se o que era bonito e genuíno e constrói-se feio e sem referências locais.
Uma das marcas que o novorriquismo impõe nas nossas paisagens rurais é a construção de edifícios sem qualidade mas com referências citadinas.
É uma espécie de globalização barata, muito motivada pela ostentação e pelo seguidismo.
Hoje trago aqui um exemplo de quem ainda rema contra a maré. Apesar de ter sido destruída uma velha casa térrea, houve ali, em plena vila de Castro Marim, o cuidado de preservar a velha chaminé, agora já transplantada, com ninho e tudo…
Ao menos, resta ali uma recordação do passado. Sem a funcionalidade original, mas com uma função estética importante.

Anúncios

%d bloggers like this: