Colleen McCullough

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Morreu Colleen McCullough.
Nascida em 1 de junho de 1937, esta australiana de mérito quis ser médica, estudou medicina e fundou em 1958 uma unidade de neurofisiologia em Sydney. Em 1963, fez-se investigadora e mestre de neurociências na Inglaterra e de 1967 a 1976 foi professora catedrática e investigadora na América… mas foi na literatura que se celebrizou.
Pela escrita, Colleen McCullough abandonou a docência e a investigação.
Em 1977, publicou «Pássaros feridos», a sua mais conhecida obra. Um hino à arte do romance que vendeu mais de 30 milhões de exemplares e já foi duas vezes adaptado à televisão.
«Pássaros feridos» é um dos melhores livros que eu tenho. Com tal densidade que me provoca um misto de pesar e de contentamento de cada vez que o folheio.
A autora tem vindo a penar nos últimos anos: com cancro, osteoporose, artrite e uma diabetes que a levou quase à cegueira, ditava ultimamente o que queria escrever…
Morreu em 29 de janeiro de 2015, na Austrália, mas a sua imortalidade está garantida.

Anúncios

%d bloggers like this: