Os povos do sul

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anda outra vez na moda falar dos povos do sul.
Tudo porque a Grécia deu a vitória eleitoral a um grupo da extrema esquerda que não quer subjugar-se às regras da Troika que lhe emprestou dinheiro e lhe exige alguma austeridade nas despesas…
Vai daí, gregos, espanhóis e portugueses desatam a apontar defeitos à Alemanha que lidera o poderio capitalista e do outro lado a Europa do norte desata a desfiar os defeitos dos «povos do sul» que gostam de muito sol e pouco trabalho…
Há nesta dicotomia alguma verdade: os povos do norte da Europa são mais infelizes e vivem demasiado para a produtividade, enquanto os do sul valorizam preferencialmente a alegria da socialização e o lado curtido da vida.
A gente trabalha, mas não vive para o trabalho. E nesta relação em que nos metemos com povos que lideram os rankings do capital acabámos por aceitar uma subalternidade que vamos pagando. Mostrámos o cu e por isso somos alvo da chacota nórdica.

Anúncios

%d bloggers like this: