98% são pura merda – diz Frank Gehry

Foto João Xavier - Almada

Frank Gehry, o famoso arquiteto canadiano que projetou o Museu Guggenheim de Bilbao, diz do alto do seu prestígio e dos seus 85 anos de idade:
«No mundo atual, 98% dos edifícios construídos são pura merda.»
Quem somos nós para o contestar?!…
A construção massificada nas cidades e o investimento na quantidade em vez da qualidade transformou as nossas urbes em povoações desestruturadas, feias, doentias e de risco.
Abdicou-se dos pormenores que embelezam. Abdicou-se do que é mais durável. Promoveu-se o efémero e o barato.
Perdeu-se qualidade de vida, cortou-se nas superfícies, construiu-se em altura.
Estes são alguns apontamentos soltos sobre o que temos, sobre o que é «moderno».
A própria formação da engenharia perdeu qualidade.
Não é de admirar, portanto, que um dos mais credenciados arquitetos da atualidade diga o que é que 98% vale…

Anúncios

%d bloggers like this: