Desculpem lá qualquer coisinha

Foto João Xavier - Farelos

Perto de Farelos, no nordeste algarvio, um trabalhador rural que se dava muito bem com o patrão (!), matou-o a tiro.
Depois, foi para casa numa carrinha do patrão, tomou uma banhoca e telefonou às filhas do assassinado, para lhes pedir desculpa.
Fernando Pereira, o empresário em causa, por acaso um dos maiores empregadores do concelho de Alcoutim, tinha a fama de ser muito afável e ótimo patrão. A população, aliás, via assassino e assassinado como amigos.
A imprensa nacional vai reportando o crime vincando o pormenor do «pedido de desculpas».
Quem quer fazer farinha, tem sempre de lidar com os farelos…

Anúncios

%d bloggers like this: