Pray as you go…

Foto João Xavier - Lendo em Lisboa

Os tecnocratas ocidentais criaram uma expressão para identificar o modelo de financiamento da segurança social que sustenta as pensões de reforma: «pay as you go».
Basicamente, o que está na base daquela lógica mal inglesada é que quem está a trabalhar está a fazer os descontos que dão para ir pagando as referidas pensões.
Evidentemente, esse sistema não é de longo alcance: os Estados têm de reforçar os fundos de pensões, para garantirem os pagamentos mensais, pois a instabilidade do emprego/desemprego não garante a regularidade do saldo, muito menos perante a subida da esperança média de vida e a diminuição das taxas de natalidade.
É por isso que, segundo consta, os tais tecnocratas já vão chamando ao referido modelo de financiamento: «Pray as you go»…
Parece que é para rir, mas não é. O descrédito é tal, que já sugerem que vamos rezando…

Anúncios

%d bloggers like this: