Os álbuns de fotografias

Foto João Xavier - Álbum de fotografias

Os álbuns de fotografias já não são o que eram!
Os jovens hoje em dia guardam as fotos em pen’s, em cd’s e em discos externos, não se apercebendo da volatilidade própria do reino digital.
E quem quer ter um álbum para guardar fotos impressas vê-se à rasca para encontrar álbuns à moda antiga, com folhas para as colar: abundam os de bolsas plásticas, do tipo, hoje queres essa foto aí, daqui a um ano não sei!…
Há uns 20 anos atrás, eu gostava muito de folhear os meus álbuns. Andava como que a absorver interiormente a minha história familiar e detinha-me a descobrir pormenores e expressões ainda não capturadas.
Agora, passo anos sem mexer em alguns.
Isso acarreta alguns custos pesados.
Quando os revisito, eis que deparo com entes queridos que já cá não estão, a velha amiga colorida da adolescência agora a lutar com graves problemas de saúde, os rostos joviais agora cheios de rugas, as marcas de tempos que já não voltam,…
O folhear que antes era só prazer e descoberta é agora facilmente banhado a lágrimas que o ego tenta reprimir.
Seja como for, fica sempre o sentimento de que cada álbum é uma riqueza cada vez com maior valor no património pessoal e familiar, uma espécie de ação cada vez com maior cotação na bolsa da vida.
Faça álbuns. Invista nisso. Não se vai nunca arrepender.

Anúncios

%d bloggers like this: