Beber sim, carregar para fora não

Foto João Xavier - Beber sim carregar não

Muitos politólogos têm vindo a prever que a água (e a falta dela) pode vir a desencadear grandes guerras.
Diz o Papa Francisco: «A água é o elemento mais essencial para a vida.»
A água, realmente, é essencial para a vida humana. Mas o bicho homem tem tornado não potável muita água que poderia e deveria ser potável, água que tinha todas as condições para ser bebida mas foi poluída.
Essa realidade é relativamente nova: os nossos antepassados mais velhos contam-nos facilmente que determinada ribeira ou determinado rio agora interditos eram «no tempo deles» límpidos e saudáveis.
Cerca de 750 milhões de pessoas bebem água contaminada que provoca, por exemplo, a morte de mil crianças por dia!
Há um provérbio que diz: «A água não se nega a ninguém.» Outro é sarcástico e assegura: «A água lava tudo menos a má língua.»
«Muita água há de correr debaixo das pontes antes das Presidenciais.»- garante António Vitorino.
Numa das minhas caminhadas, passei há tempos por um fontanário que estava ‘adornado’ com o aviso: «Beber sim carregar para fora não!»
Com a água devemos ser parcimoniosos. Devemos gastá-la com moderação.
Sorria à vontade. Perante os abusos, a hospitalidade também tem limites…


%d bloggers like this: