Tempo de desconfiança

Num anúncio da Volkswagen

Num tempo em que reina a desconfiança, a palavra «confiança» é cabeça de cartaz na publicidade!!!
A Volkswagen, depois de ter sido descoberta a sua fraude com um software que iludia os testes de poluição, enche agora os jornais com alusão à confiança como «a principal peça» dos seus carros!!!
António Costa, depois do fiasco que foram os seus primeiros cartazes eleitorais, optou por se definir como «alternativa de confiança».
E até a Moviter, uma empresa de maquinaria, paga anúncios em que as palavras gordas são «confiança no futuro»!!!
A Volkswagen provou a nível mundial que não é digna de confiança: ludibriou concorrentes e clientes só para ganhar mais dinheiro.
António Costa mostrou que não é digno de confiança: depois de um discurso de derrota na noite eleitoral, em que garantiu viabilizar um governo de Passos Coelho, anda agora a tentar um acordo com BE e PCP para ser primeiro-ministro de um governo de esquerda.
Ó meus amigos publicitários! O tempo é de desconfiança, por isso o melhor é irem por outro caminho…


%d bloggers like this: