Abdelhamid Abaaoud no Algarve

foto joao xavier - bairro municipal da penha

O ataque islâmico a Paris na passada sexta feira 13 está a ter tal empolamento na imprensa que o medo e o pânico estão a corroer o nosso quotidiano.
O jovem belga Abdelhamid Abaaoud (27 anos de idade…), apontado como o cérebro dos atentados na capital francesa, estava, segundo a polícia, na Síria. Mas ontem foi abatido em Paris, crivado de balas e desfeito em pedaços na ação policial que o cercou em Saint-Denis!…
Anteontem, a Penha viveu horas de sobressalto durante a manhã: no bairro municipal junto ao Centro Comercial Horta, a polícia manteve durante cerca de 3 horas um cerco que visava a procura de armas e droga. Só que as pessoas que passavam, perante o aparato da operação (com polícias encapuzados e apontando armas automáticas) e pensando no enquadramento do momento, já desconfiavam que aquilo tinha algo a ver com Paris…
Não, Abdelhamid Abaaoud não estava no Algarve. O que se está a instalar no Algarve como no Ocidente em geral é o medo, esse sentimento corrosivo que Francçois Hollande não sabe gerir. Dizia-me uma jovem: «Ainda há bocado passou por mim um carro com matrícula árabe e uma mulher de lenço na cabeça… até me faltou a força nas pernas!»…


%d bloggers like this: