O IKEA do Algarve e as ribeiras

foto joao xavier - obras ikea algarve dec2015

O conjunto comercial do IKEA do Algarve (a própria loja IKEA e ainda um centro comercial e um retail park) deverão ocupar uma área de cerca de 140 mil m2, interferindo com duas ribeiras e respetivas bacias hidrográficas: a ribeira do Biogal e a ribeira de São Lourenço, também conhecida como ribeira da Goldra.
A primeira tem quase 12 Km de comprimento e a segunda percorre 21 Km.
A ribeira do Biogal é a que recebe descargas do Parque das Cidades.
Com a impermeabilização que vai surgir nos terrenos agora em obras, há que acautelar tanto a drenagem das águas residuais como o escoamento das águas pluviais, garantido está que a recarga dos aquíferos vai ali sofrer alterações importantes.
A remoção do coberto vegetal é notória, fazendo com que aumente a possibilidade da ocorrência de inundações.
Têm-se notado enormes movimentos de terras e vê-se já, na secção oeste, material de contenção que tenta dar resposta a futuros problemas.
Esta problemática das águas é um ponto importante naquela que é uma das mais vultuosas obras algarvias contemporâneas.
Quanto às galerias ripícolas e aos corredores ecológicos, e perante o nível de destruição que ali se nota, as preocupações aumentam. Espera-se e deseja-se que haja alguma renaturalização!…


%d bloggers like this: