Presidenciais – 10… 9 fora… 1

sampaio da nóvoa

A campanha eleitoral para Presidente da República tem sido muito pobrezinha, mas tem-nos permitido perceber que os 10 candidatos estão divididos em 3 grupos:
Os que querem ser Presidente da República; os que são candidatos partidários; e os narcisistas.
Os que querem ser Presidente da República são 3: Sampaio da Nóvoa, Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém.
Os que estão na corrida apenas para ganharem calo no partido são 2: Edgar Silva e Marisa Matias.
Os que se candidataram apenas para se poderem mais tarde gabar de que um dia foram candidatos a Presidente da República são 5: Paulo Morais, Henrique Neto, Jorge Sequeira, Tino de Rans e Cândido Ferreira.
Tendo em conta que as sondagens foram apontando Marcelo como potencial vencedor, este tem vindo a fazer uma campanha eleitoral vergonhosa, sem sentido de Estado e sem pedagogia, passeando muito e fingindo-se sereno.
Entre os narcisos, marca pontos o vazio exibicionista do Tino, que começou a recolher assinaturas no Algarve, no verão, e percebeu que estava ao seu alcance ter mais uma candidatura no currículo. Mas o cúmulo do negativismo vai para o médico de Cantanhede, que, nada cândido, se tem esmerado em atirar carvão para cima de Sampaio da Nóvoa.
Outra referência interessante é o peso dos candidatos do PS: Maria de Belém já foi presidente do partido, Henrique Neto já foi deputado e Cândido Ferreira já foi dirigente local.
Entre os candidatos mandatados por partidos, temos pelo PCP um padre que quer pôr a sua mulher primeira-dama e pelo Bloco de Esquerda uma deputada europeia que, por mais fria que a noite esteja, aparece nos comícios sempre com os ombros desnudados.
Dia 24 vá votar.


%d bloggers like this: