O motor do amigo ou o motor amigo…

Foto João Xavier - Bicicleta abandonada

Na Vuelta de 2014, foi reportado o caso de um ciclista canadiano que se estampou numa curva… e a roda traseira continuou a rodar sozinha, sem parar.
A bicicleta foi sujeita a uma inspeção sumária e nada de esquisito foi encontrado.
Agora, Femke van der Driessche, uma ciclista belga de 19 anos de idade, foi apanhada com uma bicicleta dotada de motor!!!!
Por acaso, o irmão da Femke está suspenso por ter sido apanhado dopado com eritropoietina. Mas no caso da sua bicicleta, ela diz que a artimanha era de um amigo…
As fraudes tecnológicas vieram para ficar no ciclismo. O motor usado pela belga pesa meio quilo e estava escondido no tubo vertical do quadro, mas consta que a nova moda é o uso de motores de eletromagnetismo.
O pobre ciclismo, já de si tão maltratado com o doping (que mina a saúde futura dos ciclistas mas lhes rende vitórias), tem agora um novo capítulo…


%d bloggers like this: