A Lejana

foto joão xavier - depósito de alto rodes

A Câmara Municipal de Faro apresentou o rascunho do Plano de Pormenor da Lejana.
Esta designação toponímica, nova no vulgarizado, substitui na prática a de Alto Rodes, agora aceite como designação do território mais a sul, mas ainda a servir para designar o reservatório da água… no território da… Lejana!
Foi já no ido ano de 2011 que a autarquia farense aprovou a intenção de elaborar este Plano de Pormenor e esperemos que seja ainda em 2016 que vamos tê-lo em discussão pública e aprovado.
A Lejana tem duas escolas, um centro de saúde e um depósito de água. E, provavelmente, vai ter na faixa norte um troço da 3ª circular de Faro, aberrantemente projetada para a beira de uma escola!
O bairro de lata junto à escola Neves Júnior é quase um ex-libris, a par do depósito de água que serve de emblema ao clube 11 Esperanças (que, apesar de ter um piso destinado a restaurante e miradouro, se vê, por forças de leis europeias sobre segurança, impedido de rentabilizar aquele espaço). Repensar a Lejana tem de ter em conta aquela urbanização cigana.
Foi para a Lejana que foi aprovada a Cidade Judiciária de Faro, hoje em dia aparentemente deitada para o cesto dos papéis…
Aliás, um erro deste plano é o de retirar do território da Lejana uma faixa de território que já tem ruas com toponímia e um lar de luxo.
A Lejana é um território arenoso com boas probalilidades de ocupação urbana. Assim o saibam rentabilizar os poderes públicos, sem esquecer que Faro precisa de se oxigenar.


%d bloggers like this: