Putin no Algarve

foto joao xavier - putin

A imprensa mundial anda numa fona com o caso dos Panama Papers…
Parece que foram descobertas umas contas mirabolantes de altas individualidades da política (e outros nem tanto) com altas somas de dólares em offshores.
O caso mais badalado entre os 72 chefes e ex-chefes de Estado é o de Putin, o senhor supremo da Rússia. Dizem os seus assessores que isto estava já a ser esperado nas últimas semanas com uma ação de descredibilização do político que menos se subjuga às ordens do Ocidente.
Em Portimão, alguém que não vai com Putin já tinha há uns meses vazado a bílis numa parede. Depois, houve quem destruísse a mensagem.
Entre amores e ódios, a política e a finança vai-se entretendo, enquanto os pobres continuam pobres, à margem de tanta arrogância.
Por conta da fama de Putin, a imprensa portuguesa até começou por menorizar a revelação de que nas referidas listas publicadas pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação constam 34 portugueses e 244 empresas portuguesas.


%d bloggers like this: