Os países desenvolvidos e a agricultura

foto joao xavier - morango xis 2016

A FAO publicou um estudo sobre «a população dedicada à agricultura nos países desenvolvidos».
Em 1950, era 37,7%.
Em 1990, era 8,4%.
Para 2025, prevê-se que seja 2%!
Espero bem que saibamos reverter esta tendência. Primeiro, porque somos cada vez mais pessoas dependentes de menos pessoas; depois, porque estamos a abandonar os campos e estamos a tornar a agricultura uma atividade onde o dinheiro é o mais importante.
Interessa humanizar a agricultura, tornando-a natural, fluída, humana.
A agricultura moderna, incentivada pelos poderes políticos, é a agricultura dos frutos que não sabem a nada, é a agricultura dos produtos químicos e padronizados, é a agricultura que dá muito trabalho às máquinas e pouco emprego às pessoas.
Sabemos os custos que a agricultura em larga escala tem trazido para a saúde e para a biodiversidade. É tempo de percebermos que o elevado índice de pessoas na agricultura não tem forçosamente de estar ligado ao atraso civilizacional.

Anúncios

%d bloggers like this: