A lenda da Senhora do Verde

foto João Xavier - Senhora do Verde

No concelho de Portimão existe uma povoação chamada Senhora do Verde, que já foi sede de paróquia e de freguesia.
A velha paróquia de Verde está referenciada já em documentos de 1666.
Mais tarde, ganhou o nome de Nossa Senhora do Verde, devido ao aparecimento de uma imagem de Nossa Senhora numa fonte local.
As águas dessa fonte santa eram afamadas por terem poderes curativos para chagas e outras maleitas.
Foi lá construída uma capela que, votada ao abandono, ficou sem a imagem, que foi transportada para a Igreja do Alvor, onde ainda se encontra. Reza uma lenda que a imagem foi carregada num carro de bois para a Mexilhoeira Grande, mas os bois estancaram na Torre e recusaram-se a seguir caminho naquela direção.
Quanto à fonte santa da Senhora do Verde, consta que secou em 1751 e só voltou a brotar em 1757, precisamente um ano de grande seca, o que reforçou a tese da sua misticidade.
A freguesia da Senhora do Verde foi extinta em 1842 e integrada na da Mexilhoeira Grande.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: