Marcelo infiel

marcelo-infiel

A imprensa portuguesa tem feito eco de um artigo dos media do Estado Islâmico, em que o presidente português é chamado de infiel.
O acontecimento em causa é a condecoração que Marcelo impôs recentemente ao rei de Marrocos…, o que o Estado Islâmico considera uma traição.
Não é novidade chamarem infiel a Marcelo. Por cá, a direita vai-lhe mordendo os calcanhares pelos apoios que o topo da república vai dando à geringonça da esquerda governamental.
Se Marcelo é infiel ao eleitorado que é a sua matriz, não admira que fora de portas o hiperativo presidente seja chamado de infiel.
Já a coisa fia mais fino, quando ele diz que não há novidades em termos de segurança! É óbvio que um ocidental que condecora um monarca muçulmano «alinhado», num tempo em que o ocidente bombardeia territórios muçulmanos, está pessoalmente a «intrometer-se», por mais banal ou meramente formal que a condecoração seja.
As relações internacionais são mais complicadas do que parecem. E as suscetibilidades não devem ser picadas nem devem ser feridas por sobranceria…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: