Portugal feminino em festa

foto-tsf-selecao-feminina-de-futebol

O futebol feminino português está com 32 anos de atraso em relação ao seu homólogo masculino: só ontem conseguiu o apuramento para uma fase final de um Europeu sénior, objetivo alcançado pelos nossos craques em 1984.
Bem vistas as coisas, o atraso é bem mais amplo: as nossas jogadoras ainda não conseguiram um apuramento para uma fase final de um Mundial, coisa que os nossos jogadores conseguiram em 1966 (há, portanto, meio século)…
A seleção feminina apurou-se no playoff contra a Roménia sem conseguir bater aquelas adversárias (empatou 0-0 cá e 1-1 lá) e conta com uma futebolista algarvia de topo, a nossa lacobrigense Cabrita, profissional na Suécia, onde já garantiu o título de campeã nacional.
Não tenhamos ilusões: este apuramento não encobre o pouco desenvolvimento do futebol feminino em Portugal. Não temos, por exemplo, Distritais. A nossa seleção tem a elite que aproveita muito bem as nossas estrangeiradas (tal como faz o futebol masculino), mas as raparigas portuguesas têm ainda, a nível geral, um fraco índice de desenvolvimento desportivo.
Que este apuramento sirva de incentivo. E já agora… que façam pelo menos como os nossos estreantes fizeram em 1984 (foram semifinalistas)…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: