Os putos são as maiores vítimas

mensagem-de-si-tu-m_aimes-dis_le

Qualquer pessoa mais atenta repara que, hoje em dia, anda por aí um maralhal de gente a mandar bitaites sobre a educação dos putos.
Seja na imprensa seja nas redes sociais, o que não falta é pessoal a dar dicas e a fazer críticas sobre o modo como os adultos lidam com as crianças.
Por norma, estão a aflorar o tema como quem olha para uma árvore e esquece a floresta.
Os putos, na sociedade ocidental, são uma raridade (Portugal abusa na quebra de natalidade) e as famílias têm cada menos filhos.
O que antes era uma prole agora é um caso singular.
A vida dita «moderna» criou uma rotina de stress e doença em que as crianças dificilmente se integram. São espartilhadas em atividades estúpidas (com horários e prisões) e dificilmente conseguem ter quotidianos de contacto com a natureza!
Quem tem ganhado com isso são os psicólogos, que têm tratado de inventar novas terminologias para as debilidades, as inadaptações e as carências.
Se queremos verdadeiramente dar melhor vida às nossas crianças, a primeira coisa que temos de fazer é mudar as cidades e as rotinas que construímos!…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: