O refugiado e a vadia

foto-joao-xavier-bcp-da-baixa-de-albufeira

Este é apenas mais um banco. Mas um banco com uma triste estória para contar.
Um dia destes, um refugiado chegado a Albufeira em outubro passado, viu ali uma mulher sexagenária sem abrigo.
Esfomeado de sexo, a besta achou que ela era a ideal para o satisfazer.
Como a pobre o rejeitou e resistiu, ele esmurrou-a com violência, partindo-lhe o nariz e o maxilar e deixando-a a sangrar abundantemente.
Depressa foi apanhado por um jovem que se apercebeu da monstruosidade.
Esta é mais uma estória que pode servir de lição para quem acha que acolher refugiados é o mesmo que dar comida a gatos abandonados…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: