Ser pai em 2017

pai-e-filha


Perguntei hoje a algumas pessoas com mais de 50 anos de idade o que pensam do que é «ser pai». Um desencanto. «É uma ilusão.» «É para ser posto a um canto.» «Primeiro estão os amigos.» – são algumas das expressões que ouvi.

Socorri-me então do dicionário. «Pai, s.m. – aquele que procriou um ou mais filhos»…

Até há algum tempo, eu via um pai como uma pessoa com um estatuto diferente pela positiva. Sei, por exemplo, que há pessoas que têm centenas de amigos… mas pai têm só um.

E é realmente uma pena que, na louca voragem dos dias, haja quem lide com o pai como lida com os piores «amigos»: com mau humor, com arrufos, com provocações, com críticas, com frieza, com afastamento, com egoísmo, com sobranceria…

Perdeu-se a reserva, a contenção, o decoro, a moral e a ideia do dever. Perdeu-se o amor, num caminho lamacento onde dominam as cobras da inconfidência, da mentira, da arrogância, da maledicência…

Um amigo é um amigo e o pai é o pai. São «coisas» muito diferentes, mas há quem não perceba isso!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: