As ruralidades do Algarve

foto joao xavier - vacas em castro marim

O facto de recentemente ter visto vacas a pastar dentro do perímetro urbano da vila de Castro Marim fez-me refletir sobre as ruralidades do Algarve.

Neste Algarve que alguns teimam em apresentar como cosmopolita, há realidades que são ainda muito marcadas pela ruralidade, até mesmo nas sedes concelhias.

É verdade que na própria capital regional temos gado, junto ao campus universitário da Penha. Mas é no interior que a vida campestre se vive ainda com alguma genuinidade.

Visitar Castro Marim, Alcoutim, São Brás de Alportel, Loulé, Silves, Monchique ou Aljezur é garantia certa de podermos encontrar atividades do setor primário.

As sedes concelhias foram nas últimas décadas colonizadas por funcionários dos serviços. Ali se concentram determinadas instalações de empresas e de autarquias que dão um certo ar citadino às urbes. Contudo, o povo também se mostra nos seus afazeres produtivos.

É nessa mescla de atividades e perfis que as nossas sedes concelhias se enriquecem.

Ainda bem que não temos grandes indústrias. Mas ainda bem que não escorraçámos por completo as atividades produtivas das malhas urbanas das nossas principais povoações.

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: