Fátima é Fátima, o Papa é o Papa

foto joao xavier - tumulo de francisco marto

A overdose que nos ataca por estes dias é a overdose de Papa Francisco na imprensa portuguesa.

Há 100 anos, a aparição de Nossa Senhora em Fátima desencadeou o maior fenómeno de fé religiosa em Portugal.

Passados 100 anos, há por aí uma série de «iluminados» que querem subjugar a fé à ciência. Tudo leva a crer que só acreditariam no fenómeno de Fátima se tivessem fotos e até amostras das vestes marianas na azinheira…

Gente sentada à esquina da vida, ganhando tiques de superioridade e intelectualidade…

Fátima é um fenómeno de religiosidade. Relativizá-la com a protagonização da presença de um Papa é também um exercício de ateísmo.

Anúncios

Uma resposta to “Fátima é Fátima, o Papa é o Papa”

  1. fernanda durão Says:

    Overdose é a palavra certa, mas há ainda outra que é NEGÓ$IO!
    Tanta gente a faturar com a “fé” dos outros faz lembrar a cena de Jesus e os vendilhões do Templo…só que aqui ninguém aparece para os denunciar…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: