Muitas notas com cheiro a relva

foto joao xavier - notas

Um dos escândalos que já vão sendo pão nosso de cada dia no futebol e nas autarquias de Portugal é o que está a envolver Hermínio Loureiro.

O ex-presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e atual vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol teve de pagar uma caução de 60 mil euros para não ficar preso e, diz a imprensa nacional, está acusado de 9 crimes: 2 de corrupção, 6 de prevaricação, 1 de tráfico de influências e 1 de posse de arma ilegal.

Os 7 arguidos desse processo intitulado Ajuste Secreto estão acusados de gestão criminosa de dinheiros públicos.

O Correio da Manhã fala do «polvo de Hermínio» e diz que aquele indivíduo desde dezembro passado, data em que abandonou a autarquia, tentou limpar o rasto de um «saco azul» que criou…

Consta que o esquema rendeu aos arguidos 15 milhões de euros, mas uma manobra que chamou a atenção da PJ foi o depósito de 110 mil euros em notas, que Hermínio terá feito num banco…

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: