Archive for the ‘Editorial’ Category

O ocaso de Carrilho

5 Novembro 2014

Foto João Xavier - MMCarrilho em Loulé

Vão conturbados os tempos, para Manuel Maria Carrilho.
Depois de um mediático e complicado divórcio de Bárbara Guimarães, é agora a guarda partilhada dos filhos que é amiúde perturbada por incidentes em que o ex-ministro da cultura chega a levar sovas de alegados capangas e até a comissão de proteção de crianças já está a par da problemática.
Simultaneamente, terminou a colaboração que mantinha com o Diário de Notícias e que lhe rendia 2500 euros por mês…
Intelectual insigne, o sexagenário beirão socialista nunca imaginou aparecer tanto na imprensa sequiosa de sarilhos.

Sara Moreira maratonista

4 Novembro 2014

sara moreira na maratona de nova york

A sportinguista Sara Moreira correu a sua primeira maratona precisamente um ano depois de ter parido. Escolheu a prestigiada corrida de Nova York e terminou em 3º lugar, tendo a medalha de bronze merecido grandes atenções por parte da imprensa portuguesa.
É fácil perceber este orgasmo coletivo: a atleta tirsense foi a 1ª branca a cortar a meta e o atletismo português tem andado pelas ruas da amargura!…
A maratona é uma corrida desumana. Não percebo mesmo como é que as instâncias internacionais permitem estas corridas para além dos Jogos Olímpicos, onde são a principal referência histórica . Mas, como vão dando medalhas a Portugal, deixemos essa reflexão para outra altura…

A capela de Santa Margarida vai renascer

3 Novembro 2014

Foto João Xavier - Capela de Santa Margarida em 2011

A Ermida da Vila Verde do Vale foi construída no séc. XIV. Ruiu em 1755 com o terramoto, foi recuperada, mas voltou à ruína no séc. XIX, quando teve uma mina de cobre à sua beirinha.
Ao longo do séc. XX, houve quem lhe roubasse pedras para a construção de casas (!) e mesmo abandonada mudou de nome: passou a ser conhecida como Capela de Santa Margarida.
Ali, pertinho de Alte, se tem mantido vergonhoso aquele «monumento ao desleixo».
No recente debate do Orçamento Participativo para 2015, a Câmara Municipal de Loulé deu a escolher 3 opções para a freguesia de Alte: a colocação de telhado e portas na Capela de Santa Margarida, a criação de um equipamento lúdico-desportivo junto ao Parque Infantil de Alte ou a construção de um Parque Infantil no Monte Ruivo.
Triunfou a dignificação do templo de Santa Margarida.
O meu aplauso.
Nota: A foto anexa fiz eu em 2011. Atualmente o arco está rebocado e pintado.

Ovos de caracol para ricos

1 Novembro 2014

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Uma empresa algarvia, a Caviar Blanc, iniciou a produção e exportação de caviar branco produzido com ovos de caracol!
Depois de 2 anos de laboração, com sede em Olhão, esta inovadora empresa de Altair Joaquim conseguiu iniciar a fase de rentabilização, com vendas para o Dubai, Macau e Irlanda do Norte.
Muito interessante, esta ideia de aproveitar os caracóis, transformando-lhes os ovos em iguaria para ricos.
Eu não me canso de aplaudir todas as iniciativas de quem teima em não alinhar na exploração turística que nos descaracterizou a paisagem e nos destruiu o aparelho produtivo.

O Europeu de Futebol no Algarve

31 Outubro 2014

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No passado dia 14, Gibraltar defrontou a Geórgia no Estádio Algarve, em jogo a contar para o Europeu de Futebol 2016 (fase de qualificação).
É incrível o modo como a entidade de turismo e os municípios algarvios passam ao lado desta presença do Euro 2016 no Algarve, não o publicitando nem potenciando a visita de milhares de adeptos!…
A escolha do Estádio Algarve como casa da seleção de Gibraltar é um orgulho para o Algarve e para o Estádio Algarve. É agora preciso que a região saiba merecer esta distinção, acarinhe devidamente os que em boa hora escolheram o melhor estádio algarvio e incentive os residentes a verem estes jogos.
Já anteriormente (no passado dia 7 de setembro), tinham visto o jogo Gibraltar – Polónia mais de 5 mil espetadores.
O momento maior vai ser em 13 de junho de 2015, quando a Alemanha (campeã mundial) jogar no Estádio Algarve. Depois, virão cá a Irlanda (em 4 de setembro de 2015) e a Escócia (em 11 de outubro de 2015).
A juntar a estes 5 jogos oficiais, teremos em 14 de novembro do presente ano o Portugal – Arménia, também para a fase de qualificação do Euro 2016.
Tome nota.

(Texto e foto de João Xavier no Jornal do Algarve de 23.outubro.2014)

Um pinguim para Portugal

30 Outubro 2014

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Fiquei preocupado ao ler o que escreveu em contramão um leitor do Jornal de Notícias: considera, em carta a que o JN deu destaque, que António Costa é o François Hollande português!
Fiquei preocupado por uma série de motivos…
Primeiro, porque António Costa desde que derrotou o António José inseguro desatou a subir nas sondagens e já espreita a maioria absoluta;
Segundo, porque o presidente francês é conhecido entre os gauleses como «pinguim», sendo alvo de diversas chacotas pouco estadistas, costumando além disso chamar «desdentados» aos pobres (ao que nos conta em livro a ex-primeira dama escorneada recentemente);
Terceiro, porque sob as ordens de Hollande a França vai com as finanças verdadeiramente a pique e mesmo assim participa nas novas Cruzadas…
Um pinguim português, não, obrigado.

A virgindade a preservar

28 Outubro 2014

melissa gurgel

Anda a imprensa brasileira aos saltos, porque a Miss Brasil revelou que é virgem, num tempo em que a promiscuidade e a leviandade reinam na ocidental globalização!
“Sou virgem. Estou bem assim. Acredito no amor, quero ter uma família comprometida. Mas é importante ressaltar que sou virgem e sou contra o preconceito, contra qualquer tipo de preconceito, racial, religioso, cultural. Cada um deve viver sua vida de acordo com aquilo que acredita, como achar melhor. Eu respeito e não tenho nada contra quem não pensa como eu.” – diz Melissa Gurgel, 20 anos, Miss Brasil 2014.
Ora aqui está uma miss sem pensamentos vazios. Uma miss que não é «maria vai com as outras», neste tempo em que preservativo rima com irresponsabilidade…

Claraboias – muito por descobrir

27 Outubro 2014

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Vi há pouco tempo a apresentação de um livro sobre as claraboias do Porto.
As claraboias são elementos arquitetónicos fora de moda, de um tempo em que a gestão da luminosidade nos edifícios primava pela atitude ecológica e economicista.
Com o bom gosto que foi ficando arredio da construção massificada, as claraboias ostentavam sempre alguma vertente artística.
Ao passear um dia destes por Loulé, fotografei uma claraboia de um edifício notável: a Igreja Matriz. Simples mas elegante, passa despercebida a muitos dos que se detêm a observar a traça monumental do templo.

A «passagem de nível» de Olhão

25 Outubro 2014

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Os filhos de Olhão têm agora um novo desafio: destruída que está a passagem de nível (pedonal), junto à Biblioteca Municipal, muitos são os que saltam a vedação e cortam caminho, sobretudo no acesso à escola secundária.
Polémica é a adesivação do município olhanense à revolta popular: manter passagens de nível em tecido urbano vai sendo uma marca do passado. O túnel é uma alternativa que há muito deveria ter passado a ser a única, em nome da segurança e do bom senso.

Os partidos Barriga de aluguer

27 Maio 2014

Marinho Pinto numa ação do Partido da Terra

A moda dos partidos barrigas de aluguer já vem de outros casos, sendo o mais famoso o de José Manuel Coelho, que concorre agora pelo Partido Trabalhista, depois de ter concorrido pelo Partido Nova Democracia.
A estratégia é simples: sem quadros de prestígio, alguns pequenos partidos abrem-se à vontade de pessoas de fora para candidaturas oficiais a eleições.
Os casos conhecidos mostram que vale a pena: o Partido Trabalhista tem agora deputados regionais na Madeira e o Partido da Terra vai ter 2 deputados no Parlamento Europeu!!!
Este caso, o do Partido da Terra é mesmo o caso mais espetacular das eleições do passado domingo: Marinho Pinto, ex bastonário da Ordem dos Advogados, quis concorrer e ofereceu-se como candidato.
A votação teve uma subida para o sêxtuplo e além de Marinho Pinto vai o nº 2 da lista!
É bom termos partidos que se prestam a esta boa vontade: assim, poupa-se o trabalho das inscrições e os cidadãos sem carreira partidária dispõem de uma janela legal para o jogo político.
A democracia tem de ser reinventada constantemente.


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.