Archive for the ‘Editorial’ Category

Moncarapachense isola-se no 1º lugar

8 Fevereiro 2015

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Moncarapachense isolou-se no comando da 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve!!!
Aconteceu precisamente na 1ª jornada da 2ª volta e é a grande surpresa da temporada, depois de o Almancilense ter chegado a ter 5 pontos de vantagem e ter esbanjado o stock em goleadas que chegaram aos 8-0!!!…
A equipa de Almancil, que iniciou a temporada anunciando aos 4 ventos que quer subir ao Nacional de Seniores, foi ontem perder a Lagos por 3-1 e descredibiliza assim a ideia de que tinha uma máquina de futebol para «chegar, ver e vencer».
Promete, portanto, o Distrital algarvio, com um bom leque de equipas capazes de fazer frente aos mais ambiciosos. Vai à frente a equipa mais a sotavento, mas ainda há 16 jornadas por jogar…

Derrubar porque sim

7 Fevereiro 2015

Foto João Xavier - Casa na Praia de Faro

Depois de atacarem as ratas e outras ilhotas de que ninguém antes ouvia falar, as máquinas do Polis chegaram à Praia de Faro para derrubarem casas!
A demolição de casas é um dos pontos de honra deste projeto que faz o Estado português gastar milhões de euros com o pretenso objetivo de «renaturalizar» as ilhas, coisa desde logo desmentida pela quantidade de casas bem mais pesadas que vão continuar de pé.
Quem visita a parte mais oriental da península do Ancão (conhecida como Praia de Faro) facilmente percebe que os casebres ali existentes não põem em causa o equilíbrio do ecossistema. Pelo contrário: muitas daquelas construções sustentam as dunas e ajudam a evitar a respetiva erosão!
Ou arrasam todo o património edificado na Praia de Faro ou o melhor que fazem é estar quietos, o que às vezes até é uma virtude…
Mais vale estar quieto que fazer asneiras.

Je suis arabe…

6 Fevereiro 2015

Foto Reuters - Salmán al Saúd

O novo rei da Arábia Saudita, Salmán Al Saúd, para festejar a entronização, acaba de oferecer aos funcionários públicos 2 meses de ordenado!…
Quem pensa que vivemos na era da globalização, precisa de ver o que se passa na Arábia Saudita… e comparar com o que vamos tendo neste cantinho do mundo, de descendentes de gente que descobriu mundos…
Nunca vamos ser um mundo globalizado, mas poderíamos era andar sempre a aproveitar as boas ideias uns dos outros…

O Marafado novamente no Correio da Manhã

5 Fevereiro 2015

Foto João Xavier - Alexandra Gonçalves

O Algarve volta a estar de parabéns.
Foi aprovada a candidatura do promontório de Sagres a marca europeia do património.
Nesta iniciativa, há que parabenizar sobretudo a Direção Regional de Cultura do Algarve na pessoa da sua diretora Alexandra Gonçalves e foi o que fez o Correio da Manhã no passado dia 1, publicando uma foto minha desta bela farense, minha prezada amiga.
A foto referida foi publicada neste meu blog Marafado em dezembro de 2013.

Caixinha de surpresas multibanco

4 Fevereiro 2015

Foto João Xavier - Multibanco

Um pacato cidadão foi um dia destes levantar dinheiro a uma caixa multibanco na Figueira da Foz e nem imaginava que aquele momento o faria aparecer nos noticiários televisivos e em toda a imprensa nacional tuga: em vez de notas, saíram-lhe papéis vermelhos!…
O homem ainda pensou que já era uma partida de carnaval, mas começou a levar a coisa a sério quando viu o extrato da conta: os cem euros que ele digitara estavam considerados levantados!
Isto das modernices é muito bonito, mas não há nada como levantar dinheirinho no balcão. Eu há tempos também pedi à máquina 100 euros e ela deu-me 70. Automaticamente (não são só as máquinas que são automáticas!…) entrei no banco e solicitei o dinheiro que faltava. A funcionária avisou-me logo que só mo davam se no final do dia a máquina tivesse mais 30 euros que o saldo contabilístico!!!
Ou seja: se a máquina tivesse dado os meus 30 euros a outro… quem ficava a arder era eu.
Por acaso, o episódio acabou em bem: a máquina tinha efetivamente os 30 euros que me deveria ter entregado.
Ai, máquinas, máquinas!…

Cosme Machado foi…

3 Fevereiro 2015

Foto Footbook  - Cosme Machado

Ainda recentemente, Cosme Machado, um árbitro bracarense de 39 anos de idade, esteve no Algarve a arbitrar um jogo do Farense no Estádio São Luís.
Pouco depois, foi-lhe destinado um embrulho bem mais desagradável: o jogo Braga – Porto, para a Taça da Liga.
O desafio foi duro de roer, com uns cartões vermelhos para os azuis… e foi quanto bastou para Pinto da Costa se exaltar e o homem do apito se ver protagonista de toda a imprensa tuga.
Interessante e literária foi a reação de Cosme Machado:
«O caminho é este, tem pedra, tem tinta, tem Sol, tem integridade, tem coragem, tem você sozinho, é só escolher; ou vai, ou fica.Eu fui.»
Parabéns, Cosme Machado!
Mais interessante é o original de Martha Medeiros, uma autora brasileira, que Cosme Machado (do signo chinês do gato) adaptou:
«O caminho é este, tem pedra, tem sol, tem bandido, mocinho, tem você amando, tem você sozinho, é só escolher, ou vai, ou fica. Fui.» …

Colleen McCullough

2 Fevereiro 2015

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Morreu Colleen McCullough.
Nascida em 1 de junho de 1937, esta australiana de mérito quis ser médica, estudou medicina e fundou em 1958 uma unidade de neurofisiologia em Sydney. Em 1963, fez-se investigadora e mestre de neurociências na Inglaterra e de 1967 a 1976 foi professora catedrática e investigadora na América… mas foi na literatura que se celebrizou.
Pela escrita, Colleen McCullough abandonou a docência e a investigação.
Em 1977, publicou «Pássaros feridos», a sua mais conhecida obra. Um hino à arte do romance que vendeu mais de 30 milhões de exemplares e já foi duas vezes adaptado à televisão.
«Pássaros feridos» é um dos melhores livros que eu tenho. Com tal densidade que me provoca um misto de pesar e de contentamento de cada vez que o folheio.
A autora tem vindo a penar nos últimos anos: com cancro, osteoporose, artrite e uma diabetes que a levou quase à cegueira, ditava ultimamente o que queria escrever…
Morreu em 29 de janeiro de 2015, na Austrália, mas a sua imortalidade está garantida.

Afaste o chumbo da sua vida

30 Janeiro 2015

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O chumbo é um dos mais perigosos metais que o bicho homem banalizou.
Foi a revolução industrial que aumentou até níveis de irresponsabilidade a utilização do chumbo nos combustíveis e já recentemente a legislação foi acabando com esse envenenamento. Foi tão recentemente que ainda continuamos a falar de «gasolina sem chumbo» quando queremos referenciar a que pomos nos nossos carros.
O desconhecimento dos perigos do chumbo para a saúde humana fez com que nas casas mais antigas tenhamos ainda canos de chumbo. Mas há mais…
Nas nossas bocas, as obturações de antes não frontais eram cobertas com chumbo!
Nos nossos carros, a calibragem das rodas é feita com chumbo!
Nos pesos das canas de muitos pescadores usa-se chumbo!
Para lastrar os fios de prumo, os mais velhos têm ainda uma peça de chumbo!
As baterias têm quase todas chumbo!
E que mal há nisso? Perguntarão os mais desprevenidos.
O chumbo, no nosso organismo, é uma neurotoxina. Provoca demência e degeneração celular. Interfere com o equilíbrio emocional e o autocontrole. Prejudica o desenvolvimento infantil.
Quanto menos chumbo tivermos perto de nós, melhor saúde temos. E a desinformação vai sendo maior que a informação!

Pela lei e pelo povo

29 Janeiro 2015

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A GNR chegou a Faro em 29 de janeiro de 1914, mas só em 29 de janeiro de 2009 começou a ter um comando territorial próprio.
O Comando Territorial de Faro está em festa e não passa despercebida a alegria.
Depois de atuações musicais no Fórum Algarve e um seminário na Universidade do Algarve, foi hoje a vez de uma cerimónia com parada militar em plena Pontinha, na zona nobre da capital algarvia, para os autarcas de todo o Algarve.
A cerimónia, com grande serenidade e dignidade, foi contestada ainda hoje por Hernâni Carvalho, que considera dever a ministra acabar com estas festas. Palavras de quem não sente. O espírito de unidade precisa disto. O espírito de sacrifício merece isto. Por exemplo, de momentos como aquele em que, à «chamada» dos agentes mortos, todos os militares em parada gritaram «Presente!».
Num tempo em que reina o desânimo e a inquietação, é bom que ao menos as forças de segurança sintam força para o futuro que aí vem…
Pela lei e pela grei.

A vitória do dinheiro grego

26 Janeiro 2015

O novo primeiro ministro grego

Anda Europa e meia a falar das eleições na Grécia: ganhou o Syriza, coligação da esquerda radical, que ainda era noite já tinha celebrado acordo com um partido da direita, para conseguir apoio maioritário no parlamento grego.
Em Portugal, toda a esquerda bate palmas. Até, incrivelmente, o próprio PS, cujo irmão grego, o Pasok, levou um desaire medonho, ficando em 7º lugar ou coisa que o valha!!!.
O que há de novo nesta panorâmica criada pelas eleições gregas?
Primeiro que tudo, a derrota das ideologias: ganhou um movimento da extrema esquerda, mas para garantir o poder executivo, coligou-se logo com um partido da direita!
Depois, facilmente se percebe que o que ganhou foi o dinheiro: os votos dos gregos marcaram uma opção iniludível pelo não pagamento de juros das dívidas do Estado helénico.
Em terceiro lugar, ganhou a luta contra o perfil imperial da União Europeia (um conjunto de países que em vez de trabalharem para a coesão social e económica do seu território continuam a deixar aumentar as desigualdades e a reger-se por critérios capitalistas desajustados): foi esse perfil que alicerçou a coligação governamental que já tomou posse à hora do almoço.
Esperemos agora que o centrão europeu habituado a revezar-se no poder deixe de ameaçar e de pressionar os que, não sendo do seu espetro político, aparecem nas sondagens como potenciais vencedores de eleições.
A União Europeia vai ter de se reequacionar, é verdade. Mas nem outra coisa seria de esperar: toda a vida é composta de mudanças!…


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.