Archive for the ‘Penha City’ Category

Muita esperança no 11 Esperanças

1 Outubro 2017

KODAK Digital Still Camera

A capital algarvia, que na época passada não viu um único jogo da 2ª Divisão Distrital, vai agora ter ali um representante de peso: o 11 Esperanças.

Conformismo e acomodação são coisas que não se notam por ali: a equipa foi fortemente remodelada e preparada para fazer uma época de arromba, reservando grandes alegrias para a Penha.

Para começar, ontem recebeu uma das mais fortes formações daquele escalão e tratou logo de a golear! O Santaluziense depressa percebeu que não tinha ali uma pera doce e acabou por arrear, derrotado por 4-0. (A foto parece mostrar-nos 1 golo, mas é uma ilusão ótica.)

Tudo leva a crer que a 2ª Divisão Distrital algarvia vai ser o melhor campeonato algarvio, com apenas um clube novo mas com muitos regressos de clubes que noutros tempos já competiram.

 

Anúncios

Tiroteio na Penha

26 Setembro 2017

KODAK Digital Still Camera

O início do dia foi hoje marcado a sangue na Penha, em plena capital algarvia.

Um indivíduo foi alvejado a tiro e o sangue ficou pelo chão, junto à agência do Montepio naquela zona «universitária».

É mais um exemplo da criminalidade que vai passando impune, com armas que ninguém controla e com negócios que são uma economia paralela, também ela uma doença da sociedade.

Quando a marginalidade é muito mais que uma microfaixa social, é a própria sociedade que está doente.

Não queremos ver. Fingimos não ver. Impomos sorrisos para evitar reflexões sérias. E a realidade que mais preferimos vai sendo a que é virtual.

A realidade nua e crua, contudo, teima em mostrar-se. A ferro e fogo. Com lágrimas e com sangue.

O século de Leão Penedo

13 Agosto 2016

foto joao xavier - rua leao penedo

Há cem anos, Leão Penedo nasceu em Faro.
Foi em 13 de agosto de 1916.
Depois de completar o ensino secundário na capital algarvia, foi viver em Lisboa e ali se tornou jornalista e escritor de mérito.
Algumas das suas obras, de grande qualidade reconhecida, foram argumento para o cinema de topo da sua época («Saltibanco», com Raul Semedo e «Sonhar é fácil», com António Silva e Laura Alves).
Com uma produção literária excecional nas décadas 40 e 50 do séc. XX, Leão Penedo gostava de vincar a sua marca algarvia.
Os seus livros são hoje praticamente desconhecidos, mas foram obras de referência no seu tempo: «Multidão» (publicado em 1942), «Caminhada» (em 1943), «Circo» (em 1946), «A raiz e o vento» (em 1954), «O homem enjaulado» (em 1955), «D. Roberto» (em 1962), etc.
Faleceu em Lisboa em 1976.
A capital do Algarve dedica-lhe uma rua, junto do Hospital de Faro.

A arte de não fazer uma rua…

27 Maio 2016

foto joao xavier - rua da afa e do ji da penha

Pensa o leitor que esta imagem foi obtida num qualquer caminho rural?
Desengane-se.
Na cidade de Faro, nesta rua do complexo desportivo da Penha, circulam diariamente centenas de viaturas que se dirigem à sede da Associação de Futebol do Algarve ou à Creche/Jardim de Infância da Penha!
Este estabelecimento de educação foi inaugurado há 5 anos, mas continua à espera de um pavimento que não o encha de pó em dias secos.
Quanto à manutenção do piso de maquedame, a imagem fala por si.
Não há falta de alcatrão em Faro. Mas como os anos passam e ele não aparece ali, deve haver uma qualquer aberração esquisita a impedir a dignidade que urge.

Uma esplanada de paletes

24 Maio 2016

foto joao xavier - esplanada de hamburgueria na penha

Como não há limite para o mau gosto, uma hamburgueria montou uma esplanada com paletes, no espaço público da Estrada da Penha, em Faro!
O que nos vale é que ainda há gente com tino. E as paletes foram deitadas abaixo.
É verdade que o referido restaurante está situado perto de um campus universitário e, por contágio, quer dar uma imagem de jovialidade.
O certo é que a construção destoava do meio envolvente, desfeiando terrivelmente o espaço.
Falta ver qual é o próximo episódio…

Armacenenses marca 5 golos em Odiáxere

23 Abril 2016

foto joao xavier - armacenenses

Lanterna verde e lanterna vermelha juntaram-se hoje em Odiáxere.
O Armacenenses goleou o clube anfitrião (5-1) e vê cada vez mais próximo o Campeonato de Portugal, com encontro quase agendado com o Farense: a 3 jornadas do fim, lidera com 5 pontos de avanço sobre o 2º classificado (o Lagoa).
O Odiáxere já tem lugar marcado na 2ª Divisão Distrital da próxima temporada, com encontro quase marcado com o mais novo clube algarvio…
Hoje vi na Penha o Culatrense-Silves, que na ponta final pendeu para os silvenses, fazendo com que os ilhéus fiquem na expetativa de que o Lusitano de Vila Real de Santo António tenha força nas canetas e se aguente acima da linha-de-água na série H do Campeonato de Portugal…

Dinheiro fresco na Câmara de Faro

20 Fevereiro 2016

foto joao xavier - bandeirola rasgada

Muito alcatrão novo é sinal de dinheiro fresco.
Nota-se isso na capital algarvia, onde as obras de requalificação de muitas ruas trouxeram máquinas que há muito não eram vistas.
Mas o dinheirinho fresco (fala-se em 1 milhão de euros) não se nota só nas ruas: até no campo de futebol da Penha uma bandeirola novinha em folha já substituiu a velha bandeirola que não conseguia cumprir as suas funções (a vergonha que era está patente na foto anexa)…

Concluída a ponte da Ribeira das Lavadeiras

7 Fevereiro 2016

foto joao xavier - ponte da ribeira das lavadeiras 06fev2016

Com o lento avanço das obras da Variante de Faro, só agora abriu ao trânsito a última parte da nova ponte sobre a ribeira das lavadeiras.
Bizarramente, no entanto, o piso parece ser ainda provisório, estando disponível apenas a faixa mais a jusante.
Tendo o eixo principal sido inaugurado no verão passado, esta lentidão é confrangedora!
Ela acarreta grandes engarrafamentos em horas de ponta, o que, perdurando meses e meses, acaba por deixar a ideia de que há ali obras pontuais que tentam corrigir falhas no projeto.
A Variante de Faro não pode negligenciar de modo nenhum a fluência do trânsito que sai e entra na cidade e que, por movimentar milhares de viaturas diariamente, não pode ser subalternizado em relação ao dos que circulam entre barlavento e sotavento sem quererem entrar na capital.
A par deste troço junto ao complexo desportivo da Penha, nota-se também o ritmo vagaroso das obras no viaduto do Rio Seco e nas vias que ainda estão a receber terras junto ao viaduto da Penha.

A Penha a crescer

5 Fevereiro 2016

foto joao xavier - obras na rua jornal o algarve

Quando nos anos 70 do séc. XX a cidade de Faro cresceu na Penha, onde antes corria um riacho abriu um eixo principal que foi a Rua Dr. José Filipe Álvares, perpendicular à Estrada da Penha.
Tanto esta rua como as suas novas perpendiculares eram vias sem saída. Era assim com a Rua Jornal Correio do Sul e a Rua Jornal O Algarve.
Já mais para o final do século, foi aberta uma outra via a norte: a Rua da Amendoeira, que, subindo da Estrada da Penha, curva para desembocar na Rua Dr. José Filipe Álvares.
Foi o povo que começou a prolongar o trânsito da rua com nome de oftalmologista, para, em terra batida, chegar à Estrada Nacional 2.
A edilidade municipal haveria de pavimentar malamente essa ligação sem passeios (conhecida como Caminho Manuel Vicente) e colocando-lhe uns rails de proteção para evitar a queda na rampa adjacente.
No ano 2011, a Rua Correio do Sul foi prolongada até à Rua da Amendoeira, com verba do Estado Português e da CMF. E agora, no ano 2016, é a vez da Rua Jornal O Algarve. Esta obra está orçada em quase 32 mil euros, na totalidade assumidos pela CMF.
É a Penha a crescer.

Os dois 1ºs classificados na Penha

30 Janeiro 2016

foto joao xavier - 11 esperanças-1-lagoa-4

A 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve teve hoje uma curiosidade: na Penha (em Faro), jogaram os dois 1ºs classificados do campeonato!
O Lagoa, líder, visitou o 11 Esperanças; e o Armacenenses, 2º, visitou o Culatrense.
Vi o primeiro jogo. A equipa farense abriu cedo o ativo e prefigurou-se como surpresa, na sequência de uma oferta do guardião lagoense, mas à medida que o desafio se aproximou do fim claudicou de forma notória, permitindo ao líder a conquista de mais 3 pontos com uma goleada.