Archive for the ‘Penha City’ Category

O século de Leão Penedo

13 Agosto 2016

foto joao xavier - rua leao penedo

Há cem anos, Leão Penedo nasceu em Faro.
Foi em 13 de agosto de 1916.
Depois de completar o ensino secundário na capital algarvia, foi viver em Lisboa e ali se tornou jornalista e escritor de mérito.
Algumas das suas obras, de grande qualidade reconhecida, foram argumento para o cinema de topo da sua época («Saltibanco», com Raul Semedo e «Sonhar é fácil», com António Silva e Laura Alves).
Com uma produção literária excecional nas décadas 40 e 50 do séc. XX, Leão Penedo gostava de vincar a sua marca algarvia.
Os seus livros são hoje praticamente desconhecidos, mas foram obras de referência no seu tempo: «Multidão» (publicado em 1942), «Caminhada» (em 1943), «Circo» (em 1946), «A raiz e o vento» (em 1954), «O homem enjaulado» (em 1955), «D. Roberto» (em 1962), etc.
Faleceu em Lisboa em 1976.
A capital do Algarve dedica-lhe uma rua, junto do Hospital de Faro.

A arte de não fazer uma rua…

27 Maio 2016

foto joao xavier - rua da afa e do ji da penha

Pensa o leitor que esta imagem foi obtida num qualquer caminho rural?
Desengane-se.
Na cidade de Faro, nesta rua do complexo desportivo da Penha, circulam diariamente centenas de viaturas que se dirigem à sede da Associação de Futebol do Algarve ou à Creche/Jardim de Infância da Penha!
Este estabelecimento de educação foi inaugurado há 5 anos, mas continua à espera de um pavimento que não o encha de pó em dias secos.
Quanto à manutenção do piso de maquedame, a imagem fala por si.
Não há falta de alcatrão em Faro. Mas como os anos passam e ele não aparece ali, deve haver uma qualquer aberração esquisita a impedir a dignidade que urge.

Uma esplanada de paletes

24 Maio 2016

foto joao xavier - esplanada de hamburgueria na penha

Como não há limite para o mau gosto, uma hamburgueria montou uma esplanada com paletes, no espaço público da Estrada da Penha, em Faro!
O que nos vale é que ainda há gente com tino. E as paletes foram deitadas abaixo.
É verdade que o referido restaurante está situado perto de um campus universitário e, por contágio, quer dar uma imagem de jovialidade.
O certo é que a construção destoava do meio envolvente, desfeiando terrivelmente o espaço.
Falta ver qual é o próximo episódio…

Armacenenses marca 5 golos em Odiáxere

23 Abril 2016

foto joao xavier - armacenenses

Lanterna verde e lanterna vermelha juntaram-se hoje em Odiáxere.
O Armacenenses goleou o clube anfitrião (5-1) e vê cada vez mais próximo o Campeonato de Portugal, com encontro quase agendado com o Farense: a 3 jornadas do fim, lidera com 5 pontos de avanço sobre o 2º classificado (o Lagoa).
O Odiáxere já tem lugar marcado na 2ª Divisão Distrital da próxima temporada, com encontro quase marcado com o mais novo clube algarvio…
Hoje vi na Penha o Culatrense-Silves, que na ponta final pendeu para os silvenses, fazendo com que os ilhéus fiquem na expetativa de que o Lusitano de Vila Real de Santo António tenha força nas canetas e se aguente acima da linha-de-água na série H do Campeonato de Portugal…

Dinheiro fresco na Câmara de Faro

20 Fevereiro 2016

foto joao xavier - bandeirola rasgada

Muito alcatrão novo é sinal de dinheiro fresco.
Nota-se isso na capital algarvia, onde as obras de requalificação de muitas ruas trouxeram máquinas que há muito não eram vistas.
Mas o dinheirinho fresco (fala-se em 1 milhão de euros) não se nota só nas ruas: até no campo de futebol da Penha uma bandeirola novinha em folha já substituiu a velha bandeirola que não conseguia cumprir as suas funções (a vergonha que era está patente na foto anexa)…

Concluída a ponte da Ribeira das Lavadeiras

7 Fevereiro 2016

foto joao xavier - ponte da ribeira das lavadeiras 06fev2016

Com o lento avanço das obras da Variante de Faro, só agora abriu ao trânsito a última parte da nova ponte sobre a ribeira das lavadeiras.
Bizarramente, no entanto, o piso parece ser ainda provisório, estando disponível apenas a faixa mais a jusante.
Tendo o eixo principal sido inaugurado no verão passado, esta lentidão é confrangedora!
Ela acarreta grandes engarrafamentos em horas de ponta, o que, perdurando meses e meses, acaba por deixar a ideia de que há ali obras pontuais que tentam corrigir falhas no projeto.
A Variante de Faro não pode negligenciar de modo nenhum a fluência do trânsito que sai e entra na cidade e que, por movimentar milhares de viaturas diariamente, não pode ser subalternizado em relação ao dos que circulam entre barlavento e sotavento sem quererem entrar na capital.
A par deste troço junto ao complexo desportivo da Penha, nota-se também o ritmo vagaroso das obras no viaduto do Rio Seco e nas vias que ainda estão a receber terras junto ao viaduto da Penha.

A Penha a crescer

5 Fevereiro 2016

foto joao xavier - obras na rua jornal o algarve

Quando nos anos 70 do séc. XX a cidade de Faro cresceu na Penha, onde antes corria um riacho abriu um eixo principal que foi a Rua Dr. José Filipe Álvares, perpendicular à Estrada da Penha.
Tanto esta rua como as suas novas perpendiculares eram vias sem saída. Era assim com a Rua Jornal Correio do Sul e a Rua Jornal O Algarve.
Já mais para o final do século, foi aberta uma outra via a norte: a Rua da Amendoeira, que, subindo da Estrada da Penha, curva para desembocar na Rua Dr. José Filipe Álvares.
Foi o povo que começou a prolongar o trânsito da rua com nome de oftalmologista, para, em terra batida, chegar à Estrada Nacional 2.
A edilidade municipal haveria de pavimentar malamente essa ligação sem passeios (conhecida como Caminho Manuel Vicente) e colocando-lhe uns rails de proteção para evitar a queda na rampa adjacente.
No ano 2011, a Rua Correio do Sul foi prolongada até à Rua da Amendoeira, com verba do Estado Português e da CMF. E agora, no ano 2016, é a vez da Rua Jornal O Algarve. Esta obra está orçada em quase 32 mil euros, na totalidade assumidos pela CMF.
É a Penha a crescer.

Os dois 1ºs classificados na Penha

30 Janeiro 2016

foto joao xavier - 11 esperanças-1-lagoa-4

A 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve teve hoje uma curiosidade: na Penha (em Faro), jogaram os dois 1ºs classificados do campeonato!
O Lagoa, líder, visitou o 11 Esperanças; e o Armacenenses, 2º, visitou o Culatrense.
Vi o primeiro jogo. A equipa farense abriu cedo o ativo e prefigurou-se como surpresa, na sequência de uma oferta do guardião lagoense, mas à medida que o desafio se aproximou do fim claudicou de forma notória, permitindo ao líder a conquista de mais 3 pontos com uma goleada.

Vandalismo em Faro

31 Dezembro 2015

foto joao xavier - autocarro vandalizado na penha

Muitas pessoas olham com olhar reprovador para as «árvores de Natal» que, confecionadas por crianças de várias escolas de Faro, foram colocadas na Baixa farense e estão notoriamente vandalizadas.
É uma marca dos tempos que correm.
Ainda recentemente, um autocarro estacionado no Complexo Desportivo da Penha, ficou no estado que a foto documenta…
Seria interessante alguém dedicar-se a investigar a personalidade e a formação dos muitos jovens que hoje em dia se deleitam com atividades de destruição de bens alheios e/ou coletivos.
Ter prazer em fazer mal é (sempre foi) um sinal de má educação e de perturbações de personalidade. Em alguns casos, reflete negligência de quem tem criado esta juventude vazia, mas não se pode esgotar nessa irresponsabilidade.
Há que refletir…

Cada vez se constrói menos no Algarve

28 Novembro 2015

foto joão xavier - edifício em construção na penha

Na esquina da Estrada da Penha com a Rua Pintor Artur Costa, onde durante os últimos anos restava uma casa em ruínas está agora em construção um novo edifício.
É um bom sinal.
A Penha, a zona nobre da capital algarvia, dá sinais de vida, em plena crise da construção civil: em 2015 os edifícios que estão a ser construídos correspondem à décima parte do que se construía em 2005.
Segundo o Instituto Nacional de Estatística, há 10 anos concluiu-se a construção de 3680 edifícios no Algarve. No 1º semestre do ano corrente, concluíram-se apenas 227.
Se do ponto do vista do emprego isto representa um autêntico cataclismo, em termos ambientais e de racionalidade corresponde a uma melhoria acentuada: o Algarve, que tinha aumentado em 55% a área com construção, de 1985 até ao ano 2000, algum dia teria de retroceder na betonização!…
Que esta panorâmica nos ajude a melhorar a qualidade de vida.