Esmurrado, pontapeado e estrangulado

6 Dezembro 2017

foto joao xavier - rua sebastiao cordeiro

Esmurrado, pontapeado e estrangulado! Assim foi assassinado há dias, em Loulé, um homem que vivia na miséria. Os 2 assassinos, depois, venderam o carro onde ele pernoitava e dividiram o dinheiro entre ambos!

O crime quase passou despercebido naquela cidade algarvia.

«Não era gente de cá!» – diz-se.

O episódio ocorreu na rua Sebastião Cordeiro, uma rua que desde 1991 homenageia um ilustre professor, pedagogo e escritor louletano que no séc. XVII exerceu a docência em Lagos durante duas décadas.

Antes, esta rua era conhecida como… caminho para a cabecinha do mestre. Agora, pouca gente repara no nome: dizem que é a rua do estádio. Uma rua com uma história triste para contar…

 

Anúncios

Um algarvio a liderar o Eurogrupo

5 Dezembro 2017

Mário Centeno

Vamos ter um algarvio na alta roda da política europeia.

Mário Centeno, nascido em Olhão em 1966, viveu em Vila Real de Santo António até aos 15 anos. Atual ministro das finanças, foi ontem eleito Presidente do Eurogrupo da União Europeia.

Algarvio marafado, criado numa família com a fama de comunista, Mário Centeno tem sido o ministro mais prestigiado do governo liderado por António Costa e sustentado pela chamada geringonça que PCP e BE assinaram para impedir a governação de PSD com CDS.

Tem conseguido bons resultados financeiros e os elogios internacionais atestam a virtude que levou a que lhe chamem o Cristiano Ronaldo das Finanças.

É com orgulho que vamos ter um algarvio na presidência do Eurogrupo. Centeno vai decerto fazer melhor figura que o seu antecessor.

Louletano – 32 – Montenegro – 0

4 Dezembro 2017

foto jornaldoalgarve - montenegro-0-louletano-12

Na 1ª volta do Distrital algarvio de infantis B, o Louletano bateu o Montenegro por 20-0.

Agora, na 2ª volta, ao chegar ao Montenegro para mais um jogo, a equipa do Louletano reparou que o adversário só tinha 6 jogadores para entrar em campo.

Para tentar tornar o desafio minimamente competitivo, o Louletano decidiu então alinhar também com 6 jogadores em vez dos 7 regulamentares.

O objetivo foi malamente conseguido: a vitória por 12-0 foi o resultado final.

Este é mais um episódio a reforçar a desigualdade que impera no futebol infantil. É notória a diferença de capacidades dos clubes e isso repercute-se inexoravelmente nos desempenhos desportivos das equipas.

Esporadicamente, a falha é apenas na qualidade intrínseca dos jogadores. Por norma, o que acontece é que a falha é dos dirigentes e dos treinadores, seja a nível organizativo, seja a nível de treino, seja a nível de empenhamento.

É verdade que uns competem para fazer desporto e outros competem com outras ambições. Difícil é, ao que parece, tornar os campeonatos mais homogéneos…

Louletano B salta de novo para o 1º lugar

3 Dezembro 2017

foto joao xavier - 11 esperanças - unidos portimao

Num jogo com duas equipas curiosamente capitaneadas por jogadores com o nº 23, o Unidos de Portimão jogou ontem na capital algarvia e, na Penha, apesar de ter apresentado uma equipa remendada, deixou uma boa «imagem».

Depois de ter eliminado da Taça do Algarve o Marítimo Olhanense e com futebolistas em posições que não são as suas, o mais novo clube algarvio acabou por perder pela margem mínima com o 11 Esperanças.

No topo da 2ª Divisão Distrital algarvia, o Louletano B voltou a saltar para a liderança, pois ganhou em Lagos (goleada de 5-1) enquanto em Almancil o Odiáxere não conseguiu passar do nulo.

Na cauda classificativa, vai ganhando laivos de record a persistência do Mentes do Desporto, que somou a 10ª derrota em 10 jogos.

Ucrânia – a história que não nos contam

2 Dezembro 2017

foto joao xavier - ucranianos em faro

Quando a bolha guterrista fez muitos portugueses pensarem que eram ricos, uma grande vaga de imigrantes ucranianos chegou a Portugal.

Milhares arranjaram facilmente emprego. Muitos deles, com diplomas universitários, bateram palmas ao câmbio e trabalharam nas obras e nas limpezas.

Os portugueses chamavam-lhes ucras.

O que muita gente desconhece é a história que as famílias de muitos desses ucranianos carregam.

A revolução vermelha que implantou o comunismo e criou a União Soviética deparou com uma resistência de ferro na Ucrânia. Então, os comunistas no poder mataram mais de 7,5 milhões de ucranianos à fome, confiscando-lhes tudo o que era alimento; e fuzilaram mais de 125 mil pessoas.

Aquele autêntico crime contra a humanidade é conhecido como o holodomor (extermínio pela fome).

Quando olhar da próxima vez uma ucraniana, amigo leitor, talvez lhe ocorra esta história.

 

Belmiro de Azevedo

1 Dezembro 2017

foto rui duarte silva - belmiro de azevedo

Almocei com Belmiro de Azevedo há uns 10 anos, num restaurante de Porto de Mós, perto de Lagos.

O amor ao Algarve era um dos «segredos» do grande empresário que chegou a ser o multimilionário mais rico de Portugal.

Belmiro de Azevedo era um aquariano. Também pouca gente sabia disso. Mas ele corporizava muitas das características dos nativos de aquário. Era sonhador e dono do seu nariz. Era obstinado, íntegro, austero, competente, frontal, heterodoxo e desafiador.

Contava que chumbou na 1ª classe porque teve um professor incompetente. E chegou longe porque o seu novo professor primário o incentivou a isso mesmo. Não precisamos esconder que há professores incompetentes. Deparamos com alguns ao longo da nossa vida. Mas devemos elogiar os que marcam a vida de tanta gente pela positiva. Não é tudo farinha do mesmo saco.

Foi precisamente pela competência que ele distinguia os trabalhadores: pagando mais aos mais competentes. Sabendo que para sermos gente precisamos de inspiração mas também de muita transpiração. Sem precisarmos de andar sempre a sorrir.

Podemos aprender muito com Belmiro de Azevedo, mesmo depois da sua morte.

A idolatria hipócrita

30 Novembro 2017

foto globo esporte - julio cesar

Na hora das despedidas, há sempre quem puxe pela idolatria hipócrita.

Não alinho nisso.

Sempre achei que a contratação de Júlio César para o Benfica em 2014 foi um erro de casting.

O guarda-redes internacional brasileiro veio do Toronto (Canadá), cedido pelo Queens Park Rangers, o que nos começa por dar boas pistas; a goleada que sofreu no Mundial diante da Alemanha, no Brasil, encaixando vergonhosamente 7 golos, reforça a minha lógica.

No Benfica, a fama de frangueiro desestabilizou a equipa. Agora, vendo-se atirado para guarda-redes nº 3 dos encarnados, bateu com a porta e rescindiu o contrato.

«Sempre procurei ajudar, mas vi que não estava mais a ajudar.» – diz Júlio César, afirmando que ganhou pelas águias 8 troféus, quando, ao que dizem as estatísticas oficiais, apenas ganhou 6.

Gerir o fim de uma carreira é uma arte que não está ao alcance de todos…

O sexo na terceira idade

29 Novembro 2017

direitos reservados

Achei muito interessante uma confidência de Pilar del Río, numa entrevista recente ao Expresso:

«Ainda não consegui encontrar os 67 anos em parte nenhuma do meu corpo.»

Veio mesmo a talhe de foice para um tema que agora muitos “opinion makers” trazem à luz do dia: a sexualidade na terceira idade. Parece que descobriram a pólvora.

Já os antigos diziam que «galinha velha faz bom caldo». E já conheci uma septuagenária que gostava de se gabar: «Estou velha mas não estou morta…».

Agora anda por aí a moda de quererem pôr os velhos a pinar. E em vez de se manter o assunto no devido recato querem impingir à velhada a promiscuidade que reina entre os jovens. É por estas e por outras que tem vindo a aumentar o número de velhotes com sida e com papiloma na boca.

Uma das experiências tristes que tive foi quando há uns anos ouvi uma velhota a dar ais e perguntei a uma vizinha o que se passava. «Ora! É o velho a pular-se na mulher e ela já não aguenta aquilo…»

O sexo, com ou sem lubrificante, não é só prazer. E essa dimensão, muito séria e pesada, tem de ser ponderada por quem aborda a temática.

Estes vícios que nos lixam…

28 Novembro 2017

foto joao xavier - mulher com telemóvel

Engana-se quem pensa que a tecnologia moderna só nos traz benesses e mais qualidade de vida. Dores acrescidas e novos síndromas também fazem parte do pacote…

Para sustentarmos estes novos vícios, pagam os olhos, paga a coluna, paga o cérebro e pagam os tendões…

Pior ainda: segundo um estudo recente da Universidade de Harvard, o uso de telemóveis e a ligação permanente à internet induzem superficialidade, negatividade, passividade, perda de memória e baixa autoestima.

O simples facto de estarmos frequentemente a olhar para baixo gera dinâmicas bioquímicas de stress e reduz a autoconfiança.

Vítimas de novas rotinas, pensamos que estamos cada vez mais abertos ao mundo, mas cada vez nos curvamos mais sobre nós próprios!…

 

Um golão algarvio com perfume polaco

27 Novembro 2017

foto joao xavier - alvarinho.JPG

Alvarinho nasceu em 1990. Puto da Penha, fez-se jogador no Farense, de onde mal deu nas vistas saltou para Paços Ferreira, Fátima, Torreense e Benfica de Castelo Branco.

Emigrou depois para a Polónia, onde jogou no Zawisza, no Jagiellonia e no Wroclaw.

Regressou em 2017 ao Farense e ontem, à meia hora de jogo contra o Armacenenses, disparou o golão que deu os 3 pontos aos líderes da série E do Campeonato de Portugal.

A primeira parte do jogo foi de domínio pressionante dos alvinegros da capital algarvia. Depois do intervalo, tudo mudou e o jogo acabou por se ficar pelo 1-0.

Também de romantismo e de belas histórias se faz o futebol.